Como incentivar as crianças a beber água

Atualizado: Jan 19





Além de dar o exemplo, os pais podem providenciar garrafinhas diferentes e oferecer a bebida mais vezes durante o dia

Hidratação é fundamental, em qualquer idade. Mas algumas crianças não gostam de beber água. A nutricionista Elaine de Pádua, da clínica DNA Nutri, explica que a recomendação diária de ingestão de líquido, segundo a Dietary Reference Intakes, varia de acordo com a faixa etária da criança.

- Crianças de 1 a 3 anos devem ingerir, em média, 1.300 ml; de 4 a 8 anos, 1.700 ml; e entre 9 e 10 anos, 2.100 ml. Essa recomendação refere-se ao consumo total de líquidos. Uma alimentação contendo uma quantidade adequada de alimentos frescos, como frutas, hortaliças, leite e carnes, fornece boa parte dessa necessidade diária. A outra metade é reposta por água pura ou sucos com alto percentual de água – afirma, lembrando que água de coco também ajuda a manter a boa hidratação dos tecidos.

Mas o que fazer para estimular os pequenos a consumir líquidos, além da alimentação? De acordo com a nutricionista, os pais podem recorrer a algumas táticas, como deixar sempre uma garrafinha com água próximo à criança e oferecer várias vezes ao dia pequenas quantidades. Separar um copo ou garrafinha diferente ou um canudo legal também pode ajudar a estimular o pequeno.

- Crianças costumam imitar os pais. Por isso, eles devem dar o exemplo e para isso precisam avaliar o seu próprio consumo de água. É importante também explicar para os filhos que a água é importante para o funcionamento do corpo – orienta.


A nutricionista lembra que os sucos podem ser aliados na hidratação dos pequenos, principalmente se forem sucos naturais diluídos em grande quantidade de água, pois ela será utilizada pelo organismo quase da mesma forma. No entanto, diz ela, ingerir toda a quantidade de água apenas com sucos extrapola a necessidade diária de carboidratos vindos das frutas e, geralmente, do açúcar adicionado, desequilibrando o consumo de nutrientes da criança.

- Isso é essencialmente importante no caso de crianças que precisam controlar o peso, o que não é raro nos dias de hoje. Além disso, por fornecerem alta quantidade de carboidrato (dependendo do suco, principalmente os adoçados), podem inibir a fome por outros alimentos importantes. A Academia Americana de Pediatria recomenda que a ingestão de suco deve ser limitada a 120 ml a 180 ml por dia para crianças de 1 a 6 anos, e entre 240 ml e 260 ml por dia na faixa de 7 a 18 anos – explica Elaine.



Como a água não apresenta macronutrientes para serem quebrados, metabolizados e absorvidos (não estimula o pâncreas a produzir insulina), bebê-la dá um “descanso” aos processos digestivos e ao aparelho renal, além de não fornecer calorias.

- Dessa forma, a água hidrata, não afeta o ganho de peso e não interfere na fome dos pequenos, além de não aumentar o risco de surgimento de cáries dentárias, ao contrário dos sucos, principalmente os adoçados




63 visualizações0 comentário